DIETA PARA ENGORDAR

 

 

Literatura de Cordel

 

Autor: Francisco Diniz

Participação dos professores de Educação Física da rede municipal 

de Santa Rita-PB nas estrofes 11 a 16, durante oficina de cordel.

 

Santa Rita-PB, 13 de abril de 2011, 11:00h.

João Pessoa-PB, 17 de setembro de 2011, 17h e 26min.

 

Se você desejar ser

Alguém sem se importar

Com estética e saúde

E ao que os outros vão falar,

Basta só seguir a nossa

Dieta para Engordar

 

Ela é simples e fácil

Qualquer um pode aprender,

O resultado é ligeiro,

Seu princípio é o prazer,

Às favas a disciplina,

O que importa é comer...

 

Principalmente besteira

A qualquer hora do dia

E em boa quantidade,

Maior do que se devia,

Aos porcos todo o bom senso,

Nada de economia.

 

Meu amigo, minha amiga,

Nosso conselho é um mel,

É barato, dois reais,

O preço deste cordel,

Mas se seguido à risca

Você vai direto ao céu...

1

 

Ou senão vai pro inferno,

Depende do que quiser,

É uma questão de escolha,

Da que aqui você fizer,

Agora, preste atenção,

Pode sentar, se puder.

 

Pra perder peso demora,

Mas pra ganhar é ligeiro,

O negócio é consumir

Caloria o dia inteiro

E só gastar um pouquinho,

O ócio é o melhor parceiro.

 

Comer, comer e comer

Frituras, doces, salgados,

Bolos e refrigerantes,

Abuse dos enlatados,

Maionese, quetechupe

E produtos processados,

 

Como lingüiça, salsicha,

Defumado, conservante,

Capriche na feijoada

Com muita carne e corante,

Macarronada à vontade,

Petisco a todo o instante.

 

A pipoca industrial,

O biscoito recheado,

A comida semi-pronta

Que vemos por todo lado

Exposta nas prateleiras

De qualquer supermercado.

2

 

O que é importante na,

Dieta para Engordar,

É não ter informação

Ou se tiver, não usar,

Sobre essa contradição

Nós viemos meditar.

 

Se tivéssemos poder

Para influenciar

Faríamos neste momento

Uma ação pra transformar

O modo do povo agir

E como se alimentar.

 

Temos muito o que pensar,

Hábitos a construir,

As atitudes saudáveis,

O que vamos consumir

Pra nossa vida mudar

E a saúde adquirir.

 

A missão hoje aqui

É apenas debater

A dieta alimentar,

Exercícios prescrever,

Evitar o mal do estresse

Pra se ter melhor viver.

 

É preciso conhecer

Os riscos que nós corremos

Quando nossas atitudes

Difere do que sabemos,

O nosso corpo padece

Com os erros que cometemos.

3

 

Muitas vezes entendemos,

Mas nem sempre praticamos

O que nos é ensinado

E de lado nós deixamos

O saber e a cultura

E por ilusão trocamos.

 

Comida boa atestamos,

Mas por que exagerar?

Cerveja, fritura, doces,

De lado devem ficar,

Pra vida longa e saudável

Devemos nos educar.

 

Beber água a cada hora,

É o conselho inicial,

Um copo é suficiente,

Gelada ou natural,

Mas se o calor for intenso,

Um pouco mais não faz mal.

 

Pois sim, nós vamos deixar

A nossa reflexão:

Como a sociedade

Trata da alimentação

E qual é o resultado,

Por favor, preste atenção.

 

Veja só, lá no Japão

O povo, em maioria,

Come mais peixe que carne,

Portanto uma minoria

Vive em obesidade

E a gente inda diria:

4

 

Lá se come todo dia

Frutas, legumes, verduras,

Pouco se vê enlatados,

Refrigerantes, frituras,

Doces, bolos, guloseimas,

Que uns chamam gostosuras.

 

Certamente a postura

Que adota o japonês,

Quanto à alimentação

Parece com a do chinês

E de outros pelo mundo,

muito de sensatez.

 

O que há de insensatez

É mais nos centros urbanos,

Povo sem educação,

Motivado por tiranos,

Que exploram em nome do lucro

E causam à saúde danos.

 

Seguem meses, seguem anos,

Os senhores da riqueza,

Propagam a sua idéia

E enganam rico e pobreza,

Tudo em nome do ter,

O errado vira certeza.

 

Não vemos tanto a beleza

Dos produtos naturais,

Pois em quase todo canto

Produtos industriais

São hoje mais consumidos,

Uns menos e outros mais.

5

 

O que agente pouco faz

É discutir a questão

Do que é certo ou errado

Em nossa alimentação,

Muito menos se pratica

A sensata sugestão:

 

Do nosso arroz com feijão,

Ou seja, a simplicidade,

Das coisas da natureza

Em modesta quantidade,

Ou de um prato colorido,

Usando a diversidade...

 

Legumes pra toda idade,

Verdura, fruta, receita

De trocar óleo por azeite,

Que o coração se deleita,

Mas não é pra se fritar,

Pois daí vem a colheita...

 

Uma vida quase perfeita

Com as taxas controladas

De colesterol, glicose,

E bem administradas

Triglicérides e outras

Que as vezes são consultadas.

 

Atitudes adequadas

São frutos da consciência

De quem foi bem educado

E age com coerência

Também na alimentação,

Mantendo sempre a freqüência...

6

 

De escutar a ciência

E o bom senso adotar,

Sem aderir a modismos

Ou radicalismo usar,

Mas vivendo em disciplina

Em qualquer hora e lugar.

 

É importante procurar

Sempre a boa informação,

De médico, nutricionista

E depois entrar em ação,

Pois teoria sem prática

Não serve pra nada não!

 

Para ter satisfação

Não precisa exagero,

Basta fazer o seguinte:

Eduque o cérebro primeiro,

Mastigue bem devagar,

Coma pouco meu parceiro.

 

É necessário primeiro

Consciência adquirir

Pra fazer a coisa certa,

O bom preceito seguir,

Obter a educação

E o saber dividir.

 

Portanto fica aqui

Nossa mensagem, afinal:

Coma a cada 3 horas

Alimento natural,

Fruta, leite, café, pão

No período matinal...

7

 

O bom é pão integral,

Feijão com arroz no almoço,

Prefira a carne branca,

É preciso o esforço:

Desprezar a carne vermelha,

Que é ruim também pro bolso.

 

Prato bom é meio insosso

No almoço, jantar, na ceia,

Prefira um prato leve,

Quente não, pois incendeia

A flora intestinal

Ou senão deixa bem feia...

 

A gastrite, que odeia

Quem age com educação,

Bem como toda doença,

Que não faz qualquer questão

De se instalar no indivíduo

Contrário à prevenção.

 

Combinar saber e ação

É o melhor a se fazer.

Cuidar da alimentação

Melhora o nosso viver,

Além de outras atitudes

Que não se pode esquecer...

 

Ter mais tempo pro lazer,

Trabalhar menos, rir mais,

Fazer exercício físico,

Ter amigos, ter a paz,

Porém o mais importante

É amar, e amar demais.

8

Fim

Francisco Diniz

Participação dos professores de Educação Física da rede municipal 

de Santa Rita-PB nas estrofes 11 a 16, durante oficina de cordel.

 

Santa Rita-PB, 13 de abril de 2011, 11:00h.

João Pessoa-PB, 17 de setembro de 2011, 17h e 26min.

Fone: 83 8862-8587 (Oi) / 83 9927-1412 (Tim)

www.projetocordel.com.br