O Cordel da ASPOL-PB
Autor: Francisco Diniz
João Pessoa-PB, 20.08.2017.
Bandeira da Paraíba
www.projetocordel.com.br
www.facebook.com/franciscodinizcordel



ASPOL é Associação
Dos Policiais Civis
De Carreira do Estado
Da Paraíba, e condiz
Com uma agremiação
Que respalda a ação
Como sua diretriz...

Para fazer a defesa,
E de forma intransigente,
Dos escrivães, motoristas
E de todos os agentes
Que são investigadores,
Que agem tal defensores
Do bem permanentemente

E que expõem as suas vidas
Em tarefas delicadas,
Que têm muita importância,
Mas que nem sempre notadas
E um pouco neste cordel
Abordamos seu papel
E as funções não exaltadas.

Hoje é bandeira da ASPOL
Chamar de Investigador
Criminal
pra unificar
Todo o trabalhador
Da Polícia Civil
E a proposta assumiu
Sem o mínimo temor.
1

Pra isso tem discutido
Com toda a categoria
E despertado o interesse
De deputado, que um dia,
Pode fazer sugestão
E mudar a legislação,
Pois almeja a isonomia.

Isso pode garantir
Melhora salarial,
Pois esse reordenamento
Do Civil Policial
Propõe piso e teto certo
Por isso esse projeto
Pra ASPOL é especial.

É claro que haverá,
Como em qualquer profissão,
A diferença de nível
E de gratificação
Pelo tempo trabalhado,
Por curso realizado,
Por esta ou aquela função.

Dentre as diversas funções
Que ele tem pra realizar,
Diz a lei que a principal
É a de investigar,
Usando de autonomia,
Pra apontar a autoria
E o crime elucidar.
2

Isso é feito através
De Inquérito Policial,
Que depois de concluído,
O seu trâmite normal
É o Público Ministério,
E o Promotor, com critério,
Manda ao Juiz seu aval.

E este Juiz poderá
Fazer o arquivamento
Do Inquérito Policial
Ou dar seu prosseguimento,
Correndo a Ação Penal
E o Processo formal,
Este é o procedimento.

Pode o Investigador
Criminal
também prender
Em flagrante, como pode
Qualquer cidadão deter,
E de porte de Mandado,
Encarcera o acusado
E este vai se defender.

Contudo sua missão,
Como já mencionado,
É colher informações,
- E não atua fardado -
Fontes e hipóteses buscar,
Sua lida é trabalhar
Quase sempre disfarçado.
3

Temos hoje o efetivo:
Perto de 2.300,
O ideal é que fosse
De 6.900,
Só um terço a atuar,
É pouco pra investigar
Tuias de maus elementos.

Sente o Investigador
Quando vai se aposentar,
Perde 40%,
E se ele se acidentar
Ao trabalhar numa ação,
O que é gratificação
O Estado não vai pagar.

Pra não reduzir o salário
Muitos estão na ativa,
Não querem se aposentar,
Fogem dessa alternativa,
Só se o povo eleger
Governo para fazer
Mudar tal perspectiva...

Enquanto isso não chega
A ASPOL segue a lutar,
Chamando o Investigador
Para se associar,
Reclamar e se envolver
Para exigir do poder
Ações para melhorar...
4

Sua vida e as condições
De trabalho dia a dia,
Quem ganha é a sociedade,
Que terá mais harmonia,
Pois quem é valorizado
Trabalha mais motivado,
Quem aqui discordaria?

É justo que seja dito
Que algo aqui melhorou,
Comparando ao passado
A frota até mudou,
Mais novos os carros são,
Houve capacitação,
Tal Suana observou.

Porém convém perguntar:
Dos Estados do Brasil,
Quem paga o pior salário
Ao Policial Civil?
Paraíba, infelizmente,
É fato, atualmente,
E causa até arrepio!

As perdas salariais
Existem em consequência
De um sindicato omisso,
Que não tem a competência
Pra chamar o povo pra ação,
Greve ou paralisação
E lhe falta transparência,
5

Por falar em transparência
A ASPOL o exemplo dá,
Põe suas contas na internet
Para o sócio consultar,
Mês a mês, o ano inteiro,
Pra mostrar como o dinheiro
Público deve se usar.

No site a gente encontra
Toda a Diretoria,
Os convênios que existem,
Evento em fotografia,
Estatuto e explicação
Que faz a Associação
Durante o seu dia a dia.

Nós podemos destacar
Convênios e parcerias
Com escolas, faculdades,
Pousada, churrascaria,
Com uns planos de saúde,
Escritórios de virtude,
Restaurante, academia...

E empresas de lazer,
Além de outras coisas mais,
Tem plano a Associação
Propor aos Policiais
Uma sede social,
Que será fundamental
Para os momentos de paz.
6

O Policial Civil
É nato Investigador,
Tem papel de relevância,
É como um caçador,
Quando numa operação
Em busca da apuração
Que o faça vencedor.

Mas na verdade quem vence
É toda a sociedade,
Que é feliz se a polícia
Age com humanidade
Ao combater a injustiça
Dos mentores da cobiça
E da marginalidade.

O Policial treinado
Quando combate o mal
Enche de orgulho o povo,
Que sofre a descomunal
Carência de proteção
Dos gestores da nação
No momento atual.

Por isso o desafio
De toda esta nação
É sabermos escolher,
Com sensatez e razão
Um "mói" de gestor honesto
E conduzir todo o resto
Direto para a prisão.
7

É claro, se houver provas,
Pra justiça se fazer,
Mas nosso país precisa
De fato empreender
Política de educação
Como fizera o Japão
Após a guerra perder.

Assim toda a Polícia
Civil será respeitada
Com um salário decente,
Com toda condição dada
Pra exercer sua função
De fazer a investigação,
De cuidar e ser cuidada.

Só um governo coerente
- Quando soubermos votar -
Só com o povo educado
Para agir, para cobrar
A exclusão do privilégio,
Que é como sacrilégio,
O país pode mudar...

E também se a justiça
Cumprir melhor seu papel:
Agir com celeridade,
Condenando todo réu
Que é corrupto, infrator,
Qualquer um enganador
Que torna o mundo cruel.

Aí o Investigador
Criminal
poderá ter
Mais uma meta a cumprir,
E um educador ser
Em ações de prevenção
Nas escolas da nação
Para o mal combater!
8
FIM

Francisco Diniz
João Pessoa-PB, 20/08/2017.

www.projetocordel.com.br
www.facebook.com/franciscodinizcordel
83 9 8862-8587 (Oi)

ASPOL-PB - Associação dos Policiais Civis de Carreira do Estado da Paraíba
www.aspolpb.com.br
www.facebook.com/aspolpb

DIRETORIA EXECUTIVA:
Presidente = Suana Guarani de Melo
Vice-Presidente = Valdeci Feliciano Gomes
1º Secretário = Alcebíades Barbosa Azevedo
2º Secretário = André Luis Almeida Dantas
Tesoureiro-Geral = Evellyne Fernandes de Pontes
Diretor Jurídico = Marcelo Isídio da Silva
Diretor de Comunicação Social = Frankneyson Santos Barbosa
Diretor de Planejamento e Administração = Jader Clementino Pereira
Diretor de Cultura e Esportes = Humberto de Almeida Cardoso
Diretor de Políticas Sociais = José Romero Cavalcanti de Albuquerque Lobo
Diretor de Informática = Brunno Marcell de Assis Silva
Diretor de Saúde e Segurança do Trabalho = Hamilton de Andrade Chaves Cavalcanti

CONSELHO FISCAL:
Efetivo = Adryana de Araújo Oliveira Cavalcanti
Efetivo = Elizabete Gomes da Silva
Efetivo = José Idiléu Pereira Araújo
Suplente = Severino Gomes de Brito
Suplente = Severina Dulce Davi de Souza Neta

DIRETORES REGIONAIS:
Beethoven Roterdã
Josélia Barbosa
Ranieri Vieira
Elisângela Dantas
Rafael Malta
Petrúcia Cirilo