São Caetano do Sul,
A Saga de um Povo Vencedor


Literatura de Cordel

Autores:
Valentim Quaresma
Francisco Diniz
...................................................................................

Os sonhos de todo o ser
Que ama o semelhante
É saber que o caminhar
Segue em passo constante;
É ver sua felicidade
Estampada no semblante;

É enxergar no presente
A luz que faltou um dia;
É vislumbrar a colheita
Como antes não havia;
É ter a esperança viva
Tal como a alegria.

E para realizar seus sonhos
O homem precisa ter
Disposição pra lutar
Contra todo padecer,
Contra toda injustiça
Que comprometem o viver.

E tal luta é ardorosa
Até que se possa avistar
O resultado daquilo
Que se vive a sonhar
Porém com a persistência
Tudo se pode alcançar.
01

Historicamente tem sido
Essa a tônica do lugar
São Caetano do Sul
Onde é possível encontrar
Um povo com tradição
De luta por bem-estar.

Assim começa a história
Do município paulista,
Registrada nos anais
As lutas e as conquistas
E aqui apresentada
Por amigos cordelistas:

[1631]
Duarte Machado, o Capitão
Doou aos Beneditinos
Um sítio na região
Na área do Tijucuçu
Dando início a fundação.

[1671]
O bandeirante aguerrido
Fernão Dias Paes Leme
Desbravador destemido
Deu outro sítio aos padres
No lugar já conhecido.
02

Os dois sítios reunidos
No decorrer desses anos
Formaram uma Fazenda
Chamada de São Caetano
Lá fundou-se uma olaria,
Pra servir aos paulistanos.

Pois o tijolo e a telha
Do Mosteiro de São Bento
Eram ali fabricados
E transportados ao Centro
Da cidade de São Paulo
Pra erguer o monumento.

[1868]
Deu-se a inauguração
Da estrada de ferro inglesa
Cuja denominação:
São Paulo Railway Company
Facilitou a imigração.

Nessa época o Império
Depressa adquiriu
As terras de São Caetano
E com isso conseguiu
Apoiar os europeus
Que chegavam ao Brasil,
03

Onde iriam trabalhar
Pra minorar a evasão
Da mão-de-obra agrícola
Que afetava a região
E hoje reconhecemos
Sua contribuição.

Embarcavam em um navio,
Denominado vapor,
Repletos de esperança,
Com um espírito sonhador
Vindos do Porto de Gênova
O primeiro grupo chegou.

[1877]
Famílias italianas
A 28 de julho
Se o registro não engana
Começaram a povoar
Essa terra paulistana.

E fizeram aumentar
O núcleo colonial
Devido ao seu trabalho
Que em período bienal
Trocavam por alimento
O seu produto final.
04

[1880]
Veio a posse definitiva
Das terras aqui citadas,
Que eram férteis, produtivas
E o cultivo das videiras
Era bela alternativa.

As margens dos rios: Meninos
E do Tamanduateí
Havia excelente argila
Que serviu pra construir
O Museu do Ipiranga
E muitas obras por aqui.

Telhas, tijolos e louças,
Eram também fabricados
Seguindo o ensinamento
Com a técnica e o cuidado
Dos monges beneditinos,
Oleiros, bem afamados.

O fluxo comercial
Da atividade existente
Fez tornar São Caetano
Produtor eficiente
Da Província de São Paulo
Assim quase derrepente.
05

A administração política,
Cresceu com a economia
E até [1901]
São Caetano pertencia
Ao município São Paulo
Quando então se anexaria,

Às terras de São Bernardo
Que é outro santo também
Um santo juntou-se ao outro
Para promover o bem
Pois união e trabalho
Não fazem mal a ninguém.

[1905]
Virou Distrito Fiscal
Depois Distrito de Paz
Em tramitação legal
Por volta de 16  (1916)
Houve impulso industrial.

[1928]
Um grupo guiado por
Armando de Arruda Pereira
Uma idéia principiou
Emancipar São Caetano
E a imprensa divulgou
06

Convocando os moradores
Para decidir votar
Em seus próprios candidatos
Para poder conquistar
Juiz de Paz, vereador
E o município criar.

Na eleição de 29  (1929)
O sonho não vigorou,
Não foi bom o resultado
São Caetano continuou
Distrito de São Bernardo
Assim o povo optou.

[1947]
Houve outra tentativa
Em busca da independência
E de forma mais intensiva
O povo se organizou
Para torná-la altiva.

A Sociedade dos Amigos
E o Jornal de São Caetano
Lideraram o movimento
Com caráter soberano
Foi feito abaixo-assinado
Ainda no mesmo ano.
07

Pouco mais de cinco mil  (5.197)
Assinaram o documento
Que enviado a Assembléia
Fez com que o Parlamento
Decretasse plebiscito
Em posterior momento.

E a 24 de outubro
Os votos foram apurados
No ano 48  (1948)
E foi esse o resultado:
Quase oito mil e quinhentos   (8.463)
A favor do emancipado.

Contra, apenas se contou
Pouco mais de mil votantes   (1.029)
E o governo do Estado
Que atuava no instante
Senhor Adhemar de Barros
Assinou bem confiante.

Em 24, dezembro
Ele assim ratificou
A decisão dos munícipes
Que só se efetivou
Em primeiro de janeiro
E o povo comemorou.
08

Era em 49   (1949)
Esse janeiro citado
E em março deste ano
Ocorreu o anunciado:
A primeira eleição
Que o povo tinha sonhado.

No dia 3 de abril
Foi empossado o prefeito
Chamado Ângelo Raphael
Pellegrino
, o eleito
E também os vereadores
Escolhidos nesse pleito.

De 49 em diante   (1949)
Vieram novas conquistas,
Várias administrações
Temos até uma lista
Estamos na décima quarta
Que no Brasil é bem vista.

Luiz Olinto Tortorello
Administra atualmente
Com atuação destacada
Numa gestão transparente
Que aplica bem os recursos
E cuida bem de sua gente.
09

São Caetano é destaque
No Cenário nacional
Em qualidade de vida,
Na área educacional,
Na saúde, no lazer
E investe no social.

Sua infra-estrutura
É a melhor do Estado
Quem diz é o IBGE
Ao divulgar os seus dados
Nem parece que estamos
Em um país atrasado,

Onde a maior parte do povo
Sofre a miséria, o descaso
Entregues a própria sorte
E vivendo no ocaso,
Vítimas da corrupção,
Do desleixo e do atraso.

Em São Caetano do Sul
A estatística nos diz:
A água e esgoto são
Tratados como condiz.
A coleta de lixo é
Modelo para o país.
10

Hoje quase 100%
De sua população
Sabem ler e escrever
Isso em uma região
Onde há vários problemas
Graves na educação.

Refiro-me ao ABC
E também à capital
Onde os indicadores
No específico e no geral
Retratam uma condição
Que não é a ideal.

A cidade São Caetano
Tem uma população
De 140 mil
E uma industrialização
Que traz desenvolvimento
E orgulha seu cidadão.

15 quilômetros quadrados
É a área do lugar,
Densamente povoado,
Nós podemos confirmar
E fazendo-se uma visita
É fácil de constatar.
11

A taxa de analfabetismo
É de apenas 1%;
Os jovens têm esperanças;
Idosos, aprazimento;
A condição de trabalho
Melhora a cada momento.

O Censo revela ainda
Algo que pouco se viu
Desenvolvimento Humano
Pro idoso e infantil
Premiada pela UNESCO
Como a melhor do Brasil.

E também o UNICEF
Veio a reconhecer
Como a terceira melhor
Cidade para crescer
A criança e o adolescente
Se divertir e viver.

Sobre o trabalhador
E a renda familiar
Os dados são expressivos
Podemos considerar.
Veja bem o que podemos
Agora totalizar:
12

Cerca de 4%
Ganham até dois salários;
17% ganham
De 2 a 5 honorários
Ou seja, em salários mínimos,
Cumprindo sempre os horários;

27% estão
Todo mês a receber
Entre 5 e 10 salários
O que melhora o viver,
Mas veja caro amigo
O que ainda vamos dizer.

Ganham 10 a 20 salários
Parte da população,
Ou seja, 24%,
O que aumenta a condição
E é bastante diferente
De quem não ganha um tostão;

De 20 a 50 salários,
Veja que dado importante,
22% do povo
Faturam esse montante;
Desse jeito dá prazer
Trabalha-se confiante,
13

De que não irá sofrer
Para as suas dívidas pagar;
E tem ainda aqueles
2% a informar
Que percebem muito mais
Para poder trabalhar;

Há cerca de 4%,
Do povo de São Caetano,
Que não declara salário,
Pode não está trabalhando,
Ou na informalidade
É o que estamos pensando.

Se a situação do povo
Atualmente melhorou
É porque a gestão pública
Continuamente trabalhou
E não usou de má fé
Com as verbas que administrou.

E isso já foi badalado
Na tv e no jornal
São Caetano conseguiu
A melhor gestão fiscal
Prêmio que foi outorgado
Por Conselho Federal
14

Que é de Contabilidade,
Que faz fiscalização
Em todos os municípios
Existentes na nação.
A cidade deu exemplo
Contra a corrupção.

Certamente há problemas
Ainda por resolver
Mas o povo tem coragem
E vontade de vencer
Isso faz parte da história
Não dá para esquecer.

É só lembrar do início
Desde a cidade criada
Superou-se empecilhos
Durante toda jornada
Dando prova de coragem
De uma gente irmanada.

Que hoje adquiriu
Bem-estar, evolução
E até mesmo no esporte
Apresenta o Azulão
Como uma grande força
Do futebol da Nação.
15

Dentre tantas as conquistas
Há uma fenomenal:
O menor índice brasileiro
De exclusão social;
São Caetano dá exemplo
Da luta contra esse mal.

Em 28 de julho
A cidade foi fundada,
[1877]
A marca está registrada
Há o que se festejar
Nessa data que é lembrada.

Aqui nós nos despedimos
E vimos parabenizar
Pelo trajeto de luta
Que deve continuar
Pois há muito o que fazer
E ninguém pode negar.

Mas, mantendo a tradição
De um povo firme e fiel
São Caetano do Sul
Vencerá todo o fel
E certamente estará
Em mais versos de cordel.
16
FIM

Santa Helena-PB, 27 de junho de 2003.
Umari-CE, 29 de junho de 2003.
João Pessoa-PB, 02 de julho de 2003.

.................................................................................
Site na internet: www.projetocordel.com.br
E-mail: literaturadecordel@bol.com.br
   Oi - 83 8862-8587   /   Tim - 83 9927-1412