Instituto Telemar, em cordel.
Literatura de Cordel
www.projetocordel.com.br

Instituto Telemar,
Projetos sociais nos campos de educação, cultura e inclusão digital.



Literatura de Cordel
Autor: Francisco Diniz
João Pessoa-PB, 16 de junho de 2005.

Caros amigos leitores
E amantes do cordel
Hoje aqui venho falar
Da importância do papel
Do trabalho social
Que ajuda a evitar o mal
De quem está jogado ao léu.

Trabalho desenvolvido
Pelas instituições
Espalhadas no Brasil,
Creches, associações,
Professores, empresários,
O humilde e voluntários
Convivendo em legiões.

Visando contribuir
Ou atender ao necessitado
Fazendo o que quase sempre
Não faz o poder do Estado,
Trazendo alento, esperança
Do idoso à criança
Ou a quem está abandonado.

Vemos atualmente
Uma preocupação
De parte da sociedade
Com a triste situação
De miserabilidade,
De crise de identidade
De nossa população.
-1-

A miséria, o desemprego
São tipos de delinqüências,
São cruéis realidades
E de fato influências
Que podem levar o ser
Um dia a se envolver
Com as drogas, com a violência.

A mente desocupada
Abre espaço pra ação
De gente inescrupulosa
Que age com corrução
E pega o povo carente,
A este promete e mente
Ou põe na prostituição.

Toda a pessoa humana
Que é miserável está
Vulnerável a ação de quem
Vive só de explorar,
Surge assim o cheira-cola,
Sem família, sem escola,
Com poucos a lhe olhar.

É vítima o ser carente
Da falta de educação,
De uma escola de qualidade
Que faça uma ligação
Da família com o esporte,
Da cultura com o suporte
À boa comunicação.
-2-

É vítima o homem pobre
Da gana dos poderosos
E de um sistema de poder
Que entendem por valorosos
Quem é rico e imponente
E desprezam toda a gente
Com saberes valiosos.

Felizmente no Brasil
Não só há padecimento,
Há grupos preocupados
Com o engrandecimento
Dos menos favorecidos
E buscam dar um sentido
A quem vive no esquecimento.

E aqui quero ressaltar
Uma instituição
Cuja função principal
É a interligação
De Norte ao Sul do país
E procura fazer feliz
Pela comunicação.

Refiro-me à Telemar,
Uma sólida companhia
Que faz um sério trabalho
Também de filantropia
E dá sua contribuição
Pra oferecer à nação
Esperança e alegria.
-3-

Como empresa responsável
Sabe da necessidade
De muito contribuir
Pra mudar a realidade
Do povo que tem carência
E com essa consciência
Criou uma entidade:

O Instituto Telemar
Que de maneira formal
Desenvolve os projetos
De atuação social
E dá suporte, estrutura
À educação, à cultura
E a inclusão digital.

Nos grandes centros urbanos
E nos locais mais distantes
O Instituto está presente,
No dia-a-dia atuante
Democratizando o saber,
Lutando pra sempre ser
Um organismo operante,

Que incentiva a criação
Artística e dar valor
A cultura em diversidade
E preocupa-se em propor
Uma tecnologia
De ponta, pra melhoria
Dos que vivem dissabor.
-4-

Há uma preocupação
Constante em melhorar,
Com uma ação planejada,
O nosso IDH
E assim contribuir
Pra que o Brasil do porvir
Seja melhor que o que há.

Onde o longe não exista,
Futuro seja rotina,
Onde o povo da planície,
Cidade, campo, colina
Tenha viva a esperança,
A energia de criança
E o saber de quem ensina.

O Instituto Telemar
Trabalha com a missão:
Prestar um serviço público
Para a diminuição
Das distâncias existentes,
Aproximando a gente
De toda nossa nação.

É o que pensa o presidente
José Augusto Figueira
E todos da entidade
Que de alguma maneira
Dedicam-se a apoiar
Ações pra modificar
A sociedade brasileira.
-5-

Compromisso social,
Prezar pela inclusão,
Lutar por cidadania,
Agir pela promoção
De toda a comunidade
São metas da entidade
Através da educação.

Pra isso envolve gente
Como o voluntariado,
Mas, relaciona-se com
Público diversificado:
Clientes, fornecedores,
Muitos colaboradores,
Governo de todo Estado.

Desse relacionamento
Muitos frutos são colhidos:
Uma Universidade,
Voluntários envolvidos,
Cursos, Natal Sem Fome,
Laboratórios de nome
Onde o aluno é atendido.

E muitas bibliotecas,
Em escolas, instaladas,
Convênios e doações
A porções necessitadas,
Programas para aumentar
De fato o IDH
São ações incentivadas.
-6-

Patrocínios culturais
Visando oferecer
Oportunidade ao povo
Que nem sempre pode ver
Cinema, teatro, oficina
De coisas que se ensina
Pra transformar o viver.

Concertos de música clássica,
Apoio à música popular,
Dança, documentários,
Ensino do interpretar,
Poesia, escola de arte,
Projetos por toda parte
Faz a empresa Telemar.

Incentivo a festivais,
Monumentos restaurados,
Implantação de museu,
O esporte financiado;
E o projeto principal
Da inclusão digital
É o que mais tem-se falado...

Pelo seu pioneirismo,
Por conseguir integrar
A escola e a família
E então implementar
Em nossa pública escola
O computador, que é mola,
Ferramenta pra educar.
-7-

Essa iniciativa
A UNESCO aprovou
Que desde 2001
Tal trabalho apoiou
Milhares de estudantes,
Professores confiantes
Onde o projeto chegou.

E na escola atendida
A informática é sucesso:
Computador, impressora,
Scanner e o acesso
A internet, de graça,
É educação para a massa
Que sonha novo processo...

E novo projeto de vida!
O Instituto Telemar,
Que não tem fins lucrativos,
Visa beneficiar
Os jovens e as crianças
Dando bem mais que esperança
Em toda parte e lugar.

Pelo que realizou
Ganhou da ABRH
Troféu Empresa Cidadã
E continua a atuar
Buscando fortalecer,
Apostar, empreender
Sua ação em educar.

Como reconhecimento,
A nossa população
Poderá retribuir
Com um pouco mais de uma ação:
Ajudando a conservar
E evitando quebrar
O querido orelhão.
-8-
FIM
Francisco Diniz
João Pessoa-PB, 16 de junho de 2005.
_________________________________________
Site: www.projetocordel.com.br
E-mail: literaturadecordel@bol.com.br


Para conhecer mais sobre o Instituto Telemar, acesse:
www.oifuturo.org.br/