Cordel Branco e Encarnado,
O desfile da Salgueiro em 2012.

Cordel Branco e Encarnado, o desfile da Salgueiro em 2012

Se pudesse, hoje eu iria
A Salgueiro - belo manto -
Ao seu primeiro ensaio
Vislumbrar o seu encanto,
"Pois velho ditado diz
Salgueiro é uma raiz:
Nasce e cresce em todo canto".

Mas daqui, longe um tanto,
Confesso, estou feliz,
Porque esta escola fez
Do cordel, sonho motriz
Para arrebatar o povo
E mais um súdito novo,
Digo, Francisco Diniz.

Já que o destino quis
Que no próximo carnaval
Do ano 2012
Seja cantado afinal
Cordel em ritmo de samba
Por quem de fato é bamba,
Desejo especial...

O sucesso nacional
Ao desfile planejado,
Que a nota seja 10
De todo e qualquer jurado,
Para o povo a alegria
E ao mundo à poesia:
Cordel Branco e Encarnado.

Francisco Diniz
João Pessoa-PB, 02 de julho de 2011.

_________________________________________
Site: www.projetocordel.com.br
E-mail: literaturadecordel@bol.com.br
Fones: 83 9927-1412 (Tim) / 83 8862-8587 (Oi)