Dedico este trabalho as minhas filhas: Clarice e Cecília, a minha esposa, aos meus pais e aos meus irmãos.

Ofereço também à memória de dois poetas de cordel:
Valentim Quaresma de Mendonça (meu avô) e Vicente Soares de Sousa(Vicente Pezinho).

Valentim Martins Quaresma Neto
Santa Helena-PB, maio de 1998.


A Deus, o Pai Poderoso
Peço a inspiração
Pra prestar uma homenagem
Ao Frade do sertão,
O defensor da verdade,
Meu Santo Frei Damião.

Frei Damião de Bozanno
Em outra terra nasceu,
Seu país é a Itália,
Mas, Jesus o escolheu
Pra comandar um projeto
De interesse meu e seu.

O projeto de Jesus
Feito aqui para o sertão
De chamar os nordestinos
Para o amor e conversão,
A concórdia e a caridade,
A fé e a confissão.

O respeito ao casamento,
A reza e a devoção,
O amor ao batismo
Que é um dever do Cristão.
Foi para isso que veio
O homem frei Damião.

Ao chegar no Nordeste,
Jesus Cristo lhe ensinou,
Deu-lhe paz e paciência,
Perseverança e amor
E o projeto de Jesus
O Frade realizou.

Quem ouviu sua palavra
Através de seu sermão,
Sabe o quanto ele lutou
Em favor da conversão.
Foi contra o adultério,
Pregou a libertação.

Qualquer nordestino lembra
De suas Santas Missões:
Das crismas, dos batizados,
Das missas e dos sermões,
Das rezas, dos casamentos,
Das filas pra confissões.

A sua voz rouca e forte
Pregando a Bíblia Sagrada,
Jamais será esquecida
Porque era abençoada.
E as belas "Marchas Santas"
Feitas pelas madrugadas.

- "Senhor Deus, misericórdia"
Dizia Frei Damião.
Pregava a paz e o amor,
A tolerância e o perdão.
Pedia sempre ao Pai:
Livrai-nos da tentação.

Conhecia muito bem
As coisas do meu sertão.
Até sobre o inverno
Ele dava opinião.
Os nordestinos pediam
E ouviam a previsão.

O trabalhador sofrido
Assistindo à pregação
Ficava mais animado
Ao ouvir o seu sermão,
Renovava as esperanças
Dentro do seu coração.

Mesmo sem boa saúde
E apesar da idade,
O capuchinho rezava
Nas Missões pelas cidades.
Ao lugar que visitava
Levava felicidade.

Bom conselho, amor e paz,
Conforto, ânimo e carinho
Nos dava Frei Damião.
Do mais jovem ao velhinho,
Quem estava na escuridão
Ele mostrava o caminho.

Paciente, sábio e honesto,
Das ovelhas, bom pastor.
Assim foi Frei Damião
Por ordem do criador,
E está entre os grandes homens
Que a humanidade gerou...

Mesmo com tanta bondade
Sofria perseguição
Como sofreu Jesus Cristo,
Filho do Pai Abraão.
Mas, o povo é testemunha
De sua dedicação.

E como tudo na vida
Tem um começo e um fim,
Numa tarde sertaneja
Chegou a notícia ruim:
"Frei Damião está doente
E a doença é grave sim".
I

TOPO         Próxima Página
.................................................................................
Site na internet: www.projetocordel.com.br
E-mail: literaturadecordel@bol.com.br
   Oi - 83 8862-8587   /   Tim - 83 9927-1412